About caitomainier

nada

micro pensamentos de hoje, ontem e anteontem

1- Iluminação lateral – a iluminação tem que ser feita pelas lateriais de maneira que não reflita no fundo, onde a imagem está sendo projetada. Isto também vai dar mais volume aos objetos que serão gravados ao vivo, sem interferir na projeção.

2- A entrada do espectador dever ser feita pelo eixo da câmera de forma que a imagem seja projetada nas costas do espectador, quando este atravessa a sala e passa na frente da imagem. No começo imaginamos que a entrada deveria ser feita pelas laterais do sofá para, exatamente, não interferir na projeção. Mas a partir dos resultados do lab na Nuvem, percebeu-se que a interferência do espectador na projeção é um elemento importante.

3- Percebemos que a diferença entre os fantasmas de dias diferentes vai diminuindo quanto mais longe for a gravação. Enquanto na projeção do dia anterior a diferença entre o que é ao vivo e o que é projetado é clara, nas projeções da segunda e da terceira geração os fantasmas começam a se embaralhar. Você já não sabe se eles são de ontem, anteontem ou de três dias atrás, ou até se eles são do mesmo dia. Você só percebe que estes fantasmas são de dias diferentes, quando as projeções se sobrepõem. Se as projeções por acaso não se cruzarem, fica praticamente impossível saber qual foi gravada primeiro. Achávamos que essa diferença entre os fantasmas dos dias anteriores seria maior. Mas é interessante esta percepção, porque faz um paralelo com a nossa memória, que também confunde a ordem dos fatos, quanto mais longe eles estiverem.

SofaR away

4- Pensamos que a Acarolândia pode ser um bom lugar para começarmos os testes de projeção/gravação dentro de um ambiente com iluminação controlada e um sofá de testes. Precisamos de um lençol branco e usaremos a nossa câmera do Tá Tudo Bem #1.

Advertisements

. situações interessantes do lab de hoje 19/10/2011:

– conversando e rindo alto.

– cantando várias músicas, empolgados (meio bêbados?)

– casal discutindo!

– o roubo de um objeto.

– interagir com o cara que vai entrar: ih ah la. ele descobriu. nao vai sair.

– o ator para e agora vamos assistir vc agora.

um telefone que toca incessantemente. (malucol)

– uma pessoa no primeiro plano protege, faz como se fosse uma barreirinha, uma cortina para uma outra q esta no segundo plano. quando o espectador entra, a pessoa do primeiro plano sai, deixando a do segundo plano indefesa, desprotegida, diante do espectador.

coisas pra se prestar atenção:

– segurar a ansiedade de serem pegos. Eles não sabem que serão pegos, flagrados.

lembrar que alguma scenas podem antecipar o salto do flagra, criando quase um situacao continua. por exemplo, na cena em que duas apresentadoras estão sendo maquiadas pra entrar em cena, na hora em que o espectador entra, os maquiadores se preparam pra sair.

– contra é tudo. contra tudo. contratudo. conta tudo.

– será que a gente adapta as situações propostas ao ambiente da peça os inocentes, ou extrapola, expande?